Charleston Coffee Roasters Organic Sumatra

Comprei esse café durante uma viagem a Miami. Demorei um pouco para experimentá-lo. Quando eu já havia me esquecido dele, minha esposa me perguntou:

-Esse café aqui que trouxemos da nossa viagem, você não vai tomar?

Charleston Coffee Roasters Organic Sumatra

Charleston Coffee Roasters Organic Sumatra

Sua embalagem contém todos os itens que uma embalagem de excelência requer. O aroma pré extração e pós extração é incrível. Seu ponto de torra elevado traz um agradável amargor acentuado à bebida, sem prejudicar o equilíbrio. Além do acentuado amargor, uma outra característica que chama atenção é seu corpo. Você percebe a robustez da bebida assim que termina de tomá-la, pelas marcas de espuma deixadas na xícara.

Charleston Coffee Roasters Organic Sumatra

Charleston Coffee Roasters Organic Sumatra

Este café tem toda uma preocupação com o planeta. Produzido de forma orgânica, respeita a comunidade local, os trabalhadores e as florestas. Algo que eu valorizo cada vez mais.

Análise:

  • Facilidade de compra: 1,00
  • Embalagem: 5,00
  • Grãos: 5,00
  • Aroma pré extração: 5,00
  • Aroma pós extração: 5,00
  • Corpo: 5,00
  • Acidez: 5,00
  • Doçura: 5,00
  • Amargor: 5,00
  • Aftertaste: 5,00
Total de Pontos no Ranking: 46,00
Infelizmente, devido a tratados e acordos comerciais internacionais, este café está naquela lista de cafés de qualidade que não podem ser comercializados no Brasil.

Fazenda Santa Maria

Após experimentar o Café Santa Maria, fiquei muito animado para visitar a fazenda produtora. Apesar de conhecer algumas fazendas produtoras de café, nunca tinha visto uma orgânica – e tenho me interessado cada vez mais por este tema.

Fazenda Santa Maria

Fazenda Santa Maria

Como mencionado no post do Café Santa Maria, esta fazenda fica na região da Mogiana Paulista. Herdada e mantida pelos irmãos Florezi, ela tem seu funcionamento dedicado à sustentabilidade. Produz um café de qualidade e com o selo de produto orgânico. O selo é expedido e fiscalizado pela IBD – empresa brasileira de certificações.

Fazenda Santa Maria

Fazenda Santa Maria

Sua produção não é grande – atualmente é de 3.500 sacas por ano – e 90% de tudo é direcionado à exportação. A colheita é realizada de maneira manual, a secagem é feita no terreiro da fazenda e no também secador, inaugurado recentemente.

Fazenda Santa Maria

Fazenda Santa Maria

Tive a oportunidade de passar uma manhã com o administrador da fazenda, Amarildo. Um sujeito simples e muito experiente na lida do café. Caminhei pela plantação, ainda com o café cereja aguardando a colheita. Observei algo que não é muito comum em plantações de café: uma incrível variedade de aves em meio à plantação. Acredito que, pela ausência de pesticidas e outros defensivos agrícolas, a fauna coexiste harmonicamente com a plantação. Os pés de café estavam todos carregados, com diversas variedades: Mundo Novo, Catuai, Bourbon, entre outras.

Fazenda Santa Maria

Fazenda Santa Maria

Apesar da produção ser pequena e dedicada à exportação, acredito que, com o interesse nacional crescente na qualidade do café e com a proximidade da fazenda de grandes centros urbanos, em pouco tempo, a parte da produção destinada ao mercado interno vai crescer.

Foi uma manhã muito prazerosa, digna da tradicional recepção do interior paulista. Pude experimentar – enquanto caminhava – mamão, jabuticaba e outras frutas que crescem em meio à plantação.

Santa Maria – Gourmet

A Fazenda Santa Maria fica em Espírito Santo do Pinhal, principal região produtora de café do estado de São Paulo – a Mogiana. Esta região é composta pelas cidades que eram ligadas pela Companhia Mogiana de Estradas de Ferro e foram, no passado, o berço da cultura cafeeira no Brasil e morada dos grandes Barões do Café. Dito isto, posso mencionar que a fazenda tem muitos anos de tradição na produção de café e, mais recentemente, tem investido na produção de cafés especiais. Recebi esta amostra diretamente dos proprietários da fazenda, Cristiano e Geovvane Florezi.

Santa Maria - Gourmet

Santa Maria – Gourmet

Fiz a extração deste café de diversas maneiras e o resultado foi sempre uma bebida muito balanceada, encorpada com doçura predominante. Muito suave, fica fácil convencer quem não tem o hábito de tomar café sem açúcar a experimentar.

Santa Maria - Gourmet

Santa Maria – Gourmet

Os grãos são, em sua maioria, bem formados, compostos por Mundo Novo (75%) e Catuaí Amarelo (25%) – produzidos em fazendas da região. A torra é média, ligeiramente clara, o que demonstra que o café não tem defeitos a esconder. A colheita é feita manualmente e a secagem, em terreiros.

Santa Maria - Gourmet

Santa Maria – Gourmet

Este café pode ser encontrado fisicamente em alguns empórios da região de Campinas e virtualmente pode ser adquirido pelo site do produtor Santa Maria. Sua embalagem é ousada, branca – nunca tinha visto uma assim – e tem todos os requisitos necessários, com exceção da aba metálica, que quase nenhum tem.

Análise:

  • Facilidade de compra: 4,00
  • Embalagem: 4,00
  • Grãos: 4,00
  • Aroma pré extração: 4,50
  • Aroma pós extração: 4,00
  • Corpo: 5,00
  • Acidez: 5,00
  • Doçura: 5,00
  • Amargor: 4,50
  • Aftertaste: 4,50
Total de Pontos no Ranking: 44,50

Análise – Café Britt Coatlicue (México)

Este café é cultivado no sul do México, à sombra e a uma altitude de 1.200m e 1.600m ao nível do mar.

Possui certificação internacional, que lhe garante o título de orgânico. As terras por onde é cultivado são cercadas de mitos e artefatos de antigas civilizações Maias. Segundo o povo local, o deus jaguar lhe assegura um sabor especialmente rico.

Café Britt Coatlicue (México)

Café Britt Coatlicue (México)

A embalagem do café é de 1ª qualidade, contendo todos os itens que uma embalagem de café gourmet deve possuir. Seus grãos são perfeitamente simétricos, sem defeitos ou imperfeições e têm, ainda, um tamanho levemente maior que os grãos brasileiros. Sua cor é marrom claro brilhante – o que dá a impressão de terem sido polidos um a um.

Café Britt Coatlicue (México)

Café Britt Coatlicue (México)

Análise:

  • Facilidade de compra: 1,00
  • Embalagem: 5,00
  • Grãos: 5,00
  • Aroma pré extração: 5,00
  • Aroma pós extração: 4,00
  • Corpo: 4,00
  • Acidez: 4,00
  • Doçura: 5,00
  • Amargor: 5,00
  • Aftertaste: 5,00
Total de Pontos no Ranking: 43,00

* A caneca de ágata foi enviada pelo parceiro Lewe e pode ser adquirida no site: http://www.lewe.com.br/

Análise – Nostic Café (México)

De origem mexicana, este é um café muito saboroso. Segundo o fabricante, ele é produzido de forma orgânica, o que nos assegura melhor qualidade de vida.

Nostic Café

Nostic Café

Comprei-o em uma viagem que fiz a Cancún. Ele é primeiro café que será analisado conforme meu novo critério de avaliação.

  • Facilidade de compra: 1,00
    • Este café foi adquirido no aeroporto de Cancún e, segundo informações do site http://www.nosticcafe.com/, só é vendido no México.
  • Embalagem: 4,00
  • Grãos: 3,00
    • Não encontrei impurezas, porém os grãos não são de tamanho uniforme e possuem várias imperfeições em sua geometria. Todos aparentam ter o mesmo ponto de torra.
  • Aroma pré extração: 3,00
  • Aroma pós extração: 3,00
  • Corpo: 4,50
    • Uma bebida encorpada, porém, sua espuma deixou um pouco a desejar.
  • Acidez: 5,00
  • Doçura: 5,00
  • Amargor: 4,00
    • Este café é bem balanceado, entretanto, puxa um pouco para o amargo.
  • Aftertaste: 4,00

Total de Pontos no Ranking: 36,50