Fazendas O’Coffee

Fazendas O'Coffee

Fazendas O’Coffee

As fazendas que compõem a marca O’Coffee são 7 no total, situadas no município de Pedregulho, parte integrante da região Mogiana Paulista. Todas as fazendas, com exceção da Fazenda Chapadão, dividem fronteiras entre-si. Tomei o cuidado de separar a publicação em duas e deixar a Fazenda Chapadão em separado, pois ela tem o foco voltado para receber as pessoas. Sua produção não é tão significativa quanto as demais fazendas e ela merecia um post de suas especificidades.

Fazendas O'Coffee

Fazendas O’Coffee

As fazendas Santa Adélia, Santa Maria, Fazendinha, Nossa Senhora Aparecida, São José e Santa Rita são as principais produtoras de café do grupo O’Coffee. A produção de café – este ano – nas fazendas está beirando as 30.000 sacas de café. Tudo o que não é consumido na cafeteria Octávio é vendido ao exterior. O café de varreção é processado e revendido a outras marcas de café.

Fazendas O'Coffee

Fazendas O’Coffee

O que mais me chamou a atenção nas fazendas foi a incrível organização e limpeza de todos os locais. A torrefação tem o chão branco, as pessoas que entram precisam calçar sapatos e toucas. Os estábulos, onde são criados o gado e os carneiros, são incrivelmente limpos. As ruas, a colônia, o cafezal são mantidos meticulosamente limpos e organizados.

Fazendas O'Coffee

Fazendas O’Coffee

Edgard Bressani é o atual administrador das fazendas e o responsável direto por tudo o que agrega valor à marca. Com todos os funcionários que conversei, a admiração pelo trabalho e pela pessoa do Edgard era mais que evidente. Do funcionário mais antigo ao recém-contratado, todos têm orgulho de estar trabalhando no grupo e, por muitas vezes, escutei a palavra ‘nós’ quando se referiam a qualquer coisa feita nas fazendas.

Fazendas O'Coffee

Fazendas O’Coffee

A torrefação é algo que eu não vi em lugar algum. O maquinário é novo, altamente high tech, capaz de processar toda a safra das fazendas do grupo e ainda terceirizar a torra de safras de outras fazendas.

Fazendas O'Coffee

Fazendas O’Coffee

O local de secagem do café é extenso, muito grande. Existe um terreiro tradicional de secagem ao sol, algumas fileiras de terreiros suspensos e algumas estufas, para secagem controlada.

Fazendas O'Coffee

Fazendas O’Coffee

Na parte molhada do processo, o maquinário é equivalente ao que vejo em grandes fazendas. Eles processam café natural, despolpado  e descascado. Em alguns tanques separados são feitas experiências com fermentação, para agregar características ao café, como por exemplo fermentação com leite ou caldo de cana.

Fazendas O'Coffee

Fazendas O’Coffee

A colheita é mecanizada. Um trator leva o café colhido até o beneficiamento. Da colheita ao processo de torra, todos os lotes são rastreados e monitorados, preservando-se informações importantes como: variedade do café, local da colheita, data, hora, etc. Antes da torra, uma amostra de cada lote é analisada e pontuada, destacando-se suas principais características e sua destinação final.

Fazendas O'Coffee

Fazendas O’Coffee

A lavoura é renovada constantemente. Resíduos que sobram do processo de beneficiamento do café são reaproveitados, como por exemplo a água remanescente do processo de lavagem, que é rica em potássio, é usada para irrigação de uma plantação de bananas.

Fazendas O'Coffee

Fazendas O’Coffee

A estrutura de produção e beneficiamento do café está muito à frente do que a média nacional. As fazendas estão à altura de qualquer fazenda de um país de primeiro mundo e, quem sabe, usem a vanguarda que tem por aqui para puxar para frente o patamar médio das fazendas brasileiras.

Fazendas O'Coffee

Fazendas O’Coffee

Quando se entra no escritório, você se depara com uma cafeteria muito bem equipada, com duas máquinas de dois grupos cada, alguns moedores profissionais e outros equipamentos de barista. Nesta cafeteria, são ministrados os cursos aos futuros baristas, além de cursos de aperfeiçoamento aos que já são baristas e estão à procura de mais técnicas e conhecimentos. Ao lado da cafeteria existe uma sala com uma grande coleção de itens relacionados ao café, como cafeteiras e moedores de várias partes do mundo.

Fazendas O'Coffee

Fazendas O’Coffee

Agradeço a todos os profissionais das fazendas que dedicaram seu tempo em acolher-me, apresentando todo o cuidado e atenção dedicados à produção do café , sobretudo ao Edgard Bressani pelo convite.

Fazenda Santa Maria

Após experimentar o Café Santa Maria, fiquei muito animado para visitar a fazenda produtora. Apesar de conhecer algumas fazendas produtoras de café, nunca tinha visto uma orgânica – e tenho me interessado cada vez mais por este tema.

Fazenda Santa Maria

Fazenda Santa Maria

Como mencionado no post do Café Santa Maria, esta fazenda fica na região da Mogiana Paulista. Herdada e mantida pelos irmãos Florezi, ela tem seu funcionamento dedicado à sustentabilidade. Produz um café de qualidade e com o selo de produto orgânico. O selo é expedido e fiscalizado pela IBD – empresa brasileira de certificações.

Fazenda Santa Maria

Fazenda Santa Maria

Sua produção não é grande – atualmente é de 3.500 sacas por ano – e 90% de tudo é direcionado à exportação. A colheita é realizada de maneira manual, a secagem é feita no terreiro da fazenda e no também secador, inaugurado recentemente.

Fazenda Santa Maria

Fazenda Santa Maria

Tive a oportunidade de passar uma manhã com o administrador da fazenda, Amarildo. Um sujeito simples e muito experiente na lida do café. Caminhei pela plantação, ainda com o café cereja aguardando a colheita. Observei algo que não é muito comum em plantações de café: uma incrível variedade de aves em meio à plantação. Acredito que, pela ausência de pesticidas e outros defensivos agrícolas, a fauna coexiste harmonicamente com a plantação. Os pés de café estavam todos carregados, com diversas variedades: Mundo Novo, Catuai, Bourbon, entre outras.

Fazenda Santa Maria

Fazenda Santa Maria

Apesar da produção ser pequena e dedicada à exportação, acredito que, com o interesse nacional crescente na qualidade do café e com a proximidade da fazenda de grandes centros urbanos, em pouco tempo, a parte da produção destinada ao mercado interno vai crescer.

Foi uma manhã muito prazerosa, digna da tradicional recepção do interior paulista. Pude experimentar – enquanto caminhava – mamão, jabuticaba e outras frutas que crescem em meio à plantação.

Santa Maria – Gourmet

A Fazenda Santa Maria fica em Espírito Santo do Pinhal, principal região produtora de café do estado de São Paulo – a Mogiana. Esta região é composta pelas cidades que eram ligadas pela Companhia Mogiana de Estradas de Ferro e foram, no passado, o berço da cultura cafeeira no Brasil e morada dos grandes Barões do Café. Dito isto, posso mencionar que a fazenda tem muitos anos de tradição na produção de café e, mais recentemente, tem investido na produção de cafés especiais. Recebi esta amostra diretamente dos proprietários da fazenda, Cristiano e Geovvane Florezi.

Santa Maria - Gourmet

Santa Maria – Gourmet

Fiz a extração deste café de diversas maneiras e o resultado foi sempre uma bebida muito balanceada, encorpada com doçura predominante. Muito suave, fica fácil convencer quem não tem o hábito de tomar café sem açúcar a experimentar.

Santa Maria - Gourmet

Santa Maria – Gourmet

Os grãos são, em sua maioria, bem formados, compostos por Mundo Novo (75%) e Catuaí Amarelo (25%) – produzidos em fazendas da região. A torra é média, ligeiramente clara, o que demonstra que o café não tem defeitos a esconder. A colheita é feita manualmente e a secagem, em terreiros.

Santa Maria - Gourmet

Santa Maria – Gourmet

Este café pode ser encontrado fisicamente em alguns empórios da região de Campinas e virtualmente pode ser adquirido pelo site do produtor Santa Maria. Sua embalagem é ousada, branca – nunca tinha visto uma assim – e tem todos os requisitos necessários, com exceção da aba metálica, que quase nenhum tem.

Análise:

  • Facilidade de compra: 4,00
  • Embalagem: 4,00
  • Grãos: 4,00
  • Aroma pré extração: 4,50
  • Aroma pós extração: 4,00
  • Corpo: 5,00
  • Acidez: 5,00
  • Doçura: 5,00
  • Amargor: 4,50
  • Aftertaste: 4,50
Total de Pontos no Ranking: 44,50