Café Fazenda Diamantina

Conheci este café através da indicação de um leitor assíduo do site, meu amigo Luis Otávio. Esta é a segunda grande indicação que recebo dele.

Este café é cultivado no sudoeste do estado de Minas Gerais e ainda é pouco comercializado em outras regiões. Segundo o produtor, esta amostra que recebi é das variedades Catucai e Mundo Novo. O blend principal não muda muito – ele o compõe de acordo com a produção local.

Café Fazenda Diamantina

Café Fazenda Diamantina

No site do produtor existe uma loja virtual em desenvolvimento. Acredito que, em breve, este café torne-se mais acessível para o Brasil todo.

Sua embalagem** não tem a válvula de respiro, nem as abas metálicas para facilitar a guarda. Também faltam algumas informações importantes, como por exemplo, se é em grãos, ou se a moagem é para coador, prensa francesa…

Café Fazenda Diamantina

Café Fazenda Diamantina

Seu ponto de torra é ligeiramente claro, característica marcante em cafés de qualidade.

Preparei a amostra em grãos em minha máquina de espresso. O que mais me chamou à atenção neste café foi sua cremosidade e a riqueza de aromas. A bebida extraída era muito encorpada, balanceada e de um agradabilíssimo aftertaste. Todos que a provaram não pouparam elogios.

Pouca coisa precisa ser feita para que este café emplaque a liderança do Ranking.

Café Fazenda Diamantina

Café Fazenda Diamantina

Análise:

  • Facilidade de compra: 3,00
  • Embalagem: 4,00**
  • Grãos: 4,00
  • Aroma pré extração: 4,50
  • Aroma pós extração: 5,00
  • Corpo: 5,00
  • Acidez: 5,00
  • Doçura: 5,00
  • Amargor: 5,00
  • Aftertaste: 5,00
Total de Pontos no Ranking: 45,50
*As canecas de ágata foram enviadas pelo parceiro Lewe e podem ser adquiridas no site: http://www.lewe.com.br/

**Recebi uma segunda amostra do fabricante, com aperfeiçoamentos na embalagem. A válvula de respiro foi acrescentada.