Café Fazenda Movimento

Durante uma tarde de fevereiro, senti um forte e agradável aroma de café. Indaguei minha esposa se ela estava fazendo café. Minha surpresa foi quando ela respondeu, lá da cozinha, que tinha acabado de abrir esta amostra de café e não tinha começado a prepará-lo ainda.

A forma como o aroma se espalhou instantaneamente pela casa foi incrível. Dentre todas as amostras que eu já tive a oportunidade de receber, esta foi a que mais me espantou pelo aroma.

Café Fazenda Movimento

Café Fazenda Movimento

Preparei-o de diversas maneiras. Usei minha recém-adquirida Hario, usei a AeroPress e, posteriormente, a máquina de espresso. De todas as maneiras o resultado obtido foi muito bom.

Na Hario eu consegui uma bebida muito doce, frutada e encorpada. Na AeroPress, o aftertaste foi incrível. Por último, na máquina de espresso, a bebida extraída estava balanceada, doce e com uma acidez agradável. Me incomodou um pouco o amargor. Senti um amargor diferente, ainda não sei explicar. O aftertaste também foi muito agradável.

Café Fazenda Movimento

Café Fazenda Movimento

Deixando de lado minha impressão, a análise técnica deste café foi muito bem. Ele está presente em algumas grandes cafeterias, mas não consegui encontrá-lo em outros lugares, o que torna-o de difícil comercialização. A embalagem tem a válvula de respiro e as demais características importantes, mas peca em alguns detalhes, como por exemplo, as informações do produtor. Tais informações podem ser obtidas pelo site do produtor.

Os grãos são bem formados, a torra é de média a clara, característica que muito me agrada, pois você tem que ter um café muito bom para comercializá-lo com esta torra.

Análise:

  • Facilidade de compra: 4,00
  • Embalagem: 4,00
  • Grãos: 4,50
  • Aroma pré extração: 5,00
  • Aroma pós extração: 4,50
  • Corpo: 5,00
  • Acidez: 5,00
  • Doçura: 5,00
  • Amargor: 4,00
  • Aftertaste: 5,00
Total de Pontos no Ranking: 46,00

Venda Microlote – Moca (Fevereiro 2014)

O Barãozinho separou uma seleção de um microlote recém-processado. O microlote é do café variedade Moca, cultivado por pequenos produtores da região do Sul de Minas.

Venda Microlote - Moca (Fevereiro 2014)

Venda Microlote – Moca (Fevereiro 2014)

Estão disponíveis para venda apenas 35kg deste café em grãos, distribuídos em embalagens de 350g e 1Kg.

O preço para a embalagem de 350g é de R$20,00 (mais o custo de envio). Já a embalagem de 1kg poderá ser adquirida por R$45,00 (mais o custo de envio).

Venda Microlote - Moca (Fevereiro 2014)

Venda Microlote – Moca (Fevereiro 2014)

Os interessados devem entrar em contato pelo e-mail contato@guiadocafezinho.com.br

Venda Microlote - Moca (Fevereiro 2014)

Venda Microlote – Moca (Fevereiro 2014)

Não percam esta oportunidade! São apenas 35kg de um ótimo café!

Arte Café Especial

Este café é cultivado na fazenda São Gabriel, no município de Guaxupé, sul de Minas Gerais. A marca Arte Café tem certificação UTZ, o que significa – na prática – que a fazenda pensa no bem estar dos funcionários envolvidos na produção.

Arte Café - Especial

Arte Café Especial

A embalagem é de qualidade, possui instruções de preparo, tanto como espresso quanto como filtro. Senti falta apenas das abas que facilitam a guarda do café. Informações de contato, origem, forma de plantio e outros detalhes também estão impressos na embalagem.

Arte Café - Especial

Arte Café Especial

A comercialização é um ponto a se considerar. Não se encontra este café à venda muito facilmente. No site da marca, http://brasilartecafe.com.br/, existe uma lista de distribuidores espalhados pelo Brasil. O site traz muitas informações interessantes sobre a fazenda, a produção do café e os certificados de qualidade de seus produtos.

Arte Café - Especial

Arte Café Especial

A bebida é rica em aromas, encorpada e bem balanceada. Nota-se uma ligeira doçura e acidez. Os grãos são bem formados, achei apenas alguns com defeitos de formação. O ponto de torra é médio, o que lhe assegura a riqueza de aromas que mencionei.

 

Análise:

  • Facilidade de compra: 3,50
  • Embalagem: 4,50
  • Grãos: 4,00
  • Aroma pré extração: 4,50
  • Aroma pós extração: 4,50
  • Corpo: 4,50
  • Acidez: 4,50
  • Doçura: 4,50
  • Amargor: 5,00
  • Aftertaste: 4,50

Total de Pontos no Ranking: 44,00

Cápsulas Delta Q

A Delta Q vem, pouco a pouco, conquistando seu espaço no mercado de cápsulas de café. Sua máquina é bem construída e relativamente barata e seus produtos podem facilmente ser adquiridos pela internet, em sua loja on-line.

Tive a oportunidade de experimentar 7 variedades de blends comercializados pela marca. Confesso que não me agradaram muito os blends com numeração inferior a 5.

  • 10 – Qalidus – Forte, ambicioso e ultra-intenso. Fruto de uma rica combinação de Robustas de Camarões e Angola com Arábicas de Honduras.
  • 9 – Qharacter – Intenso, encorpado e sofisticado. Resultado de uma fina mistura de sabores oriundos de países como Costa do Marfim, Colômbia e Brasil.
  • 8 – aQtivus – Dinâmico, jovem e aventureiro. Nascido nas terras férteis de Laos, Vietname e El Salvador.
  • 5 – Qonvictus – Sereno, maduro e distinto. Com o misterioso toque das Índias e uma equilibrada selecção de aromas da Tanzânia e Costa Rica.
  • 4 – Qonvivium – Sedutor, Urbano, Descontraído. Mistura de cafés oriundos da Tanzânia, Panamá e à Uganda.
  • 3 – deliQatus – Suave, subtil e envolvente. Da Papua Nova Guiné, Quénia e Guatemala chega-nos uma cuidada seleção de paladares exóticos.
  • 1 – deQafeinatus – Rico, original e verdadeiro. Tão bom como qualquer espresso Delta Q, mas sem cafeína. Com uma harmoniosa combinação de Robustas asiáticas e Arábicas sul-americanas.
Cápsulas Delta Q

Cápsulas Delta Q

Maiores detalhes sobre cada tipo de blend podem ser obtidos na loja on-line. Existe – em cada um deles – uma descrição de país de procedência e variedade de café. O blend que mais gostei foi o de número 10. Forte e intenso, ele tem um Q diferente dos demais cafés em cápsula.

Atualmente, as cápsulas são comercializadas a R$1,45, ou seja, uma caixa com 10 cápsulas sai por R$14,50 mais o frete. Na loja só existe a opção de envio pelos Correios, o que encarece em muito o preço do produto, sobretudo quando se compra pequenas quantidades. Fiz uma simulação onde comprei 1 caixa de cápsulas. Na hora de pagar, no preço de R$14,50 foram somados R$12,00 de frete.

Um grande diferencial da marca é o atendimento ao cliente. Um dia após eu concluir minha simulação de compra sem de fato comprar alguma coisa, recebi uma chamada da central de relacionamento Delta Q. Eles queriam saber o porquê de eu não ter efetivado a compra, se existia alguma dúvida ou mesmo se eu tinha alguma sugestão ou reclamação a fazer. Poucas são as empresas que se importam desta maneira com seus clientes.

Via Specialty Coffee

Ganhei este café do meu grande amigo Luís Cláudio, que adquiriu-o diretamente das mãos do Jorge Assis – renomado degustador de café. Acredito que os cafés que compõem este blend sejam escolhidos a dedo.

A empresa responsável pelo café é a Monte Alegre Coffees e sua plantação fica na cidade de Areado/MG. Sua produção é, em grande maioria, destinada à exportação, principalmente para o Japão e outros países da Ásia e Europa. Você não o encontra muito por aí. Atualmente ele é vendido em alguns estabelecimentos em Minas Gerais, Espírito Santo e São Paulo e através de contato pelo site: viaspecialtycoffee.com.br

Via Specialty Coffee

Via Specialty Coffee

Seu ponto de torra é claro, o que neste caso garante à bebida aromas surpreendentes. O ponto de moagem desta amostra é fino, destinado exclusivamente para a extração em filtro de pano ou papel.

Via Specialty Coffee

Via Specialty Coffee

A bebida extraída é doce, praticamente livre de amargor e acidez e muito agradável ao paladar. Por se tratar de café de filtro, não é tão encorpada. Seu aroma pré e pós extração são uma experiencia à parte.

Via Specialty Coffee

Via Specialty Coffee

 

Análise:

  • Facilidade de compra: 3,50
  • Embalagem: 4,00
  • Qualidade do pó: 5,00
  • Aroma pré extração: 5,00
  • Aroma pós extração: 4,50
  • Corpo: 4,00
  • Acidez: 5,00
  • Doçura: 5,00
  • Amargor: 5,00
  • Aftertaste: 4,50

Total de Pontos no Ranking: 45,50

Cápsulas de Café

A cápsula de café permitiu que, mesmo sem um curso ou alguma preparação, qualquer pessoa pudesse extrair uma bebida de qualidade. O uso da cápsula é muito simples e ajudou a evoluir o paladar brasileiro.

Tive a oportunidade de experimentar algumas marcas e tenho algumas máquinas de cápsulas em casa. O que se deve ter em mente é que, se uma marca vende milhões de cafés no mundo, ou mesmo no Brasil, ela não compra o café de 1 produtor somente. Desta forma, ela não pode – de forma alguma – garantir que, por meios naturais, o café comercializado no Rio Grande do Sul tenha o mesmo gosto e a mesma qualidade que o café comercializado no Acre, ou mesmo na Finlândia. Processos químicos e industriais fazem com que o gosto e aroma tornem-se padrão em todo o mundo.

Deve-se manter sempre em mente que a quantidade gigantesca de produção de café não significa igual qualidade. O Brasil é o maior produtor de café do mundo, mas não é o melhor. Produzir imensa quantidade de café tem seu preço como, por exemplo, mecanizar a colheita e o processamento do café. O bom e velho café em grãos lhe permite comprar cafés de pequeno produtores, de gente que dorme pensando na planta e acorda fazendo a melhor forma de colheita e beneficiamento do café.

Cápsulas de Café

Cápsulas de Café

Se você quer apenas um bom café, sempre muito bem tirado, cheiroso e cremoso, as cápsulas foram feitas para você. Sempre perfeita, a bebida sai igual em cada tirada, como se fosse clonada. Além disso, a cápsula é uma boa opção para quem busca praticidade.

Existem atualmente no mercado uma grande variedade de cápsulas de café. Cada grande marca criou um padrão e uma máquina específica para a extração. Diante disto, qual comprar?

Cápsulas de Café

Cápsulas de Café

Algumas dicas são muito importantes na hora de escolher:

  1. Disponibilidade – Como se está escolhendo uma marca que irá fidelizá-lo teoricamente para sempre, deve-se verificar – antes de comprar a máquina – qual a facilidade de compra das cápsulas.
  2. Preço das cápsulas – É importante pesquisar a média de preço das cápsulas, pois a tática que as empresas usam é vender a máquina por um valor atrativo e cobrar mais nas cápsulas.
  3. Variedade – Novamente vale avisar que se está casando com uma marca, então, verifique antes se existe uma variedade suficiente de café para que, em 1 ano, não se enjoe da marca (faz-se exceção no próximo item).
  4. Genéricos – Atualmente, temos disponíveis cápsulas de marcas diferentes, que produzem cápsulas compatíveis com determinadas máquinas de café. Terror das grandes marcas, as cápsulas “genéricas” são importantes pois dão mais opções ao consumidor e podem colaborar para a redução dos preços – o que não significa que a qualidade seja igual a das cápsulas “originais”.

O mais importante nas cápsulas de café é que elas despertaram nas pessoas essa vontade de conhecer mais sobre, de querer algo melhor, prático. Foram muito importantes, principalmente no Brasil que tem enraizado a cultura do café de coador, com muito açúcar e em muitas vezes, sem qualidade.

 

Lavazza – Crema e Gusto (Itália)

Ganhei este café da minha amiga Isabela, trazido diretamente da Itália.

Apesar de a embalagem não ter válvula  e nem as presilhas metálicas, dei nota 4,00 porque ela contém muitas informações sobre o ponto de torra, espessura da moagem, destinação, composição, entre outras.

Lavazza Crema e Gusto

Lavazza Crema e Gusto

A composição deste café é de 30% Arábica e 70% Robusta, com o ponto de torra entre médio e escuro. Sua destinação é para cafeteira italiana, mas isso não me impediu de experimentá-lo em minha máquina de espresso. Das duas maneiras consegui excelentes resultados.

Lavazza Crema e Gusto

Lavazza Crema e Gusto

A bebida é muito encorpada, cremosa e com coloração bem escura. É rica em aromas e bem balanceada. O aftertaste é incrível, em minha opinião é sua melhor qualidade.

Infelizmente, não consegui encontrar este café à venda por aqui, nem em sites brasileiros. Uma opção que ainda não testei é encomendá-lo na Amazon.

Lavazza Crema e Gusto

Lavazza Crema e Gusto

Análise:

  • Facilidade de compra: 1,00
  • Embalagem: 4,00
  • Qualidade do pó: 5,00
  • Aroma pré extração: 4,00
  • Aroma pós extração: 4,00
  • Corpo: 5,00
  • Acidez: 5,00
  • Doçura: 5,00
  • Amargor: 5,00
  • Aftertaste: 5,00
Total de Pontos no Ranking: 43,00

Café Fazenda Diamantina

Conheci este café através da indicação de um leitor assíduo do site, meu amigo Luis Otávio. Esta é a segunda grande indicação que recebo dele.

Este café é cultivado no sudoeste do estado de Minas Gerais e ainda é pouco comercializado em outras regiões. Segundo o produtor, esta amostra que recebi é das variedades Catucai e Mundo Novo. O blend principal não muda muito – ele o compõe de acordo com a produção local.

Café Fazenda Diamantina

Café Fazenda Diamantina

No site do produtor existe uma loja virtual em desenvolvimento. Acredito que, em breve, este café torne-se mais acessível para o Brasil todo.

Sua embalagem** não tem a válvula de respiro, nem as abas metálicas para facilitar a guarda. Também faltam algumas informações importantes, como por exemplo, se é em grãos, ou se a moagem é para coador, prensa francesa…

Café Fazenda Diamantina

Café Fazenda Diamantina

Seu ponto de torra é ligeiramente claro, característica marcante em cafés de qualidade.

Preparei a amostra em grãos em minha máquina de espresso. O que mais me chamou à atenção neste café foi sua cremosidade e a riqueza de aromas. A bebida extraída era muito encorpada, balanceada e de um agradabilíssimo aftertaste. Todos que a provaram não pouparam elogios.

Pouca coisa precisa ser feita para que este café emplaque a liderança do Ranking.

Café Fazenda Diamantina

Café Fazenda Diamantina

Análise:

  • Facilidade de compra: 3,00
  • Embalagem: 4,00**
  • Grãos: 4,00
  • Aroma pré extração: 4,50
  • Aroma pós extração: 5,00
  • Corpo: 5,00
  • Acidez: 5,00
  • Doçura: 5,00
  • Amargor: 5,00
  • Aftertaste: 5,00
Total de Pontos no Ranking: 45,50
*As canecas de ágata foram enviadas pelo parceiro Lewe e podem ser adquiridas no site: http://www.lewe.com.br/

**Recebi uma segunda amostra do fabricante, com aperfeiçoamentos na embalagem. A válvula de respiro foi acrescentada.

Café da Montanha Gourmet Expresso

Este é mais um dos bons café que comprei quando fiz uma visita à cidade de Serra Negra. Mais detalhes relacionados podem ser obtidos nos posts: Café da Montanha Premium e Le Caffé Cafeteria Gourmet.

Café da Montanha Gourmet Expresso

Café da Montanha Gourmet Expresso

Este café é muito parecido com o outro café da marca, Premium, mas percebi pequenas diferenças nos grãos que contêm mais imperfeições no formato e tamanho. Percebe-se também pequenas variações no ponto de torra, alguns grãos estão menos torrados que a maioria.

A bebida é gostosa, balanceada, ligeiramente ácida e com um agradável aftertaste. Sua embalagem tem muitas informações sobre o cultivo e o café em geral, deixando a desejar apenas na ausência das abas metálicas, que facilitam a guarda do produto.

Café da Montanha Gourmet Expresso

Café da Montanha Gourmet Expresso

Análise:

  • Facilidade de compra: 2,00
  • Embalagem: 4,00
  • Grãos: 3,50
  • Aroma pré extração: 4,00
  • Aroma pós extração: 4,50
  • Corpo: 4,50
  • Acidez: 4,00
  • Doçura: 4,50
  • Amargor: 4,50
  • Aftertaste: 5,00
Total de Pontos no Ranking: 40,50

 

Café Cocla Cusco Gourmet (Peru)

Este café é cultivado em Cusco, cidade no Peru situada no sudeste do Vale de Huatanay ou Vale Sagrado dos Incas, na região dos Andes, a uma altitude de 3400 metros.

Cocla é uma cooperativa de produtores locais que, além de café, produzem chás, mel, chocolates e outros produtos agrícolas.

Em função de tratados internacionais, este café não pode ser comercializado aqui no Brasil e importá-lo em grandes quantidades não é possível. Esta amostra foi-me dada por um amigo, Luis Otávio, que a comprou durante uma viagem ao Peru.

Cocla Cusco Gourmet

Cocla Cusco Gourmet

Seus grãos são muito bem formados, quase sem nenhuma imperfeição. Seu ponto de torra é ligeiramente escuro, o que lhe garante um paladar mais amargo. Percebe-se notas que não são comuns a cafés nacionais, o que estimula a imaginação.

A bebida é bem balanceada e, devido a torra, tem uma leve predominância do amargor, mas sem prejudicar seu aftertaste.

Cocla Cusco Gourmet

Cocla Cusco Gourmet

Análise:

  • Facilidade de compra: 1,00
  • Embalagem: 4,00
  • Grãos: 4,50
  • Aroma pré extração: 4,50
  • Aroma pós extração: 4,00
  • Corpo: 4,50
  • Acidez: 5,00
  • Doçura: 5,00
  • Amargor: 4,50
  • Aftertaste: 5,00
Total de Pontos no Ranking: 42,00